Skip to content

Operário

21/09/2011

Estava passando o olho pela minha coleção e notei que tenho poucas camisas de manga longa, algo que curto bastante. Duas, para ser exato: uma do Millonarios, da Colômbia, que colocarei aqui no blog, e, surpreendentemente, uma do Operário, de Várzea Grande-MT.

Pensei: “Por que raios alguém fabrica uma camisa de manga longa do Operário de Várzea Grande?”. A cidade, vizinha à capital Cuiabá, tem altas médias de temperatura (quem mora no Mato Grosso diz que é o único lugar do mundo que bate o calor de Ribeirão Preto, algo que duvido muito), o que torna o modelo invernal completamente desnecessário.

Estou vestindo essa camisa agora, enquanto escrevo, e passando um calor daqueles. É até contraproducente usar um modelo desses num jogo… O cara corre 15 minutos e já não aguenta voltar nem pro segundo tempo. Em todo caso, confira a camisa deste simpático clube:

O clube conquistou o Estadual 14 vezes, quatro antes da divisão do Mato Grosso em MT e MS

Peça trazida de Cuiabá pelos meus pais. Só eles pra saírem num calor de 40ºC pra procurar uma camisa desse nível… Mas graças aos esforços deles, foi mais uma ótima adição alternativa para a coleção (e ainda de manga longa!).

Na galeria de ídolos do Operário aparecem nomes como Beraldo, Ponceano, Poxoréu, Tatu, Botelho, Genésio, Pequenino, Pacu, Xaxalo, Lulinho, JK, Bife, Gaguinho, Mão de Onça, Lúcio Bala, Zé Pulula, Mosca e Birica

O "Chicote da Fronteira", como o clube é conhecido, manda seus jogos no estádio Verdão, com capacidade para 40000 torcedores. O campo está sendo reformado para a Copa 2014, e passará a se chamar Arena Pantanal

O último título estadual do Operário foi em 2006, em uma decisão emocionante contra o Barra do Garças. Após vencer o primeiro jogo em casa por 2 x 0, o time de Várzea Grande encarou estádio lotado (com a tradicional galera colada no alambrado atrás do gol – para mim, algo que deveria existir em todos os campos do mundo) e muita pressão na partida de volta. Com muita garra, o tricolor sagrou-se campeão do Mato Grosso pela 14ª vez. Confira aqui como foi o duelo.

Aliás, sensacional a escalação do Operário na final: Ernandes, Fábio Pastor, Maurício Canhão, Ataliba e Fabiano; Rafael, Wender, Gugo (Luiz Fernando) e Odil (Simoney); Ronaldo Paulista (Tony) e Rinaldo. O time estava usando o mesmo uniforme que coloquei aqui no blog (mas de manga curta, lógico!)

E aí, gostou da camisa? Deixe um comentário!

Anúncios
4 Comentários leave one →
  1. Eduardo permalink
    27/11/2011 2:12

    camisa linda, ousada! demais!

  2. Rafael Santos permalink
    30/11/2011 15:31

    novidade essa pra mim também, moro em cuiabá e nunca nunca mesmo tinha visto uma camisa do operario de manga longa.. kkkkk.. e SIM.. o calor daqui supera o de Ribeirão Preto.. 😀

    • Francisco De Laurentiis permalink*
      30/11/2011 15:53

      A camisa manga longa do Operário deve ter sido o maior fracasso de vendas da história… Acho que só eu comprei!!

  3. RICHARD permalink
    20/03/2012 10:38

    manga longa, proteção contra os raios=solares…evitando inumeras doenças genéricas, até mesmo o cancer-de-pele…fica ai, então assistindo uma partida debaixo do calor de 40graus…depois vc me conta…RSRSRSRSSSS…abraços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: