Pular para o conteúdo

San Jose

23/03/2010

Jogos de futebol na altitude quase sempre terminam com resultados inesperados. O pouco oxigênio dificulta muito para vive em alturas “normais” e as partidas ficam niveladas, de certa forma. Um time muito fraco tecnicamente, mas acostumado a jogar nas “nuvens”, consegue equilibrar um jogo contra um time bom, mas que sofre na altitude. Muitas vezes, consegue até vencer, coisa que dificilmente aconteceria se as partidas fossem disputadas em alturas mais baixas.

Nas eliminatórias sulamericanas, tivemos o ótimo exemplo de Bolívia 6 x 1 Argentina, partida realizada nos 3650 metros de altitude de La Paz (é pertinho do céu, amigo, como diria Galvão Bueno). Tudo bem que a seleção do Maradona não estava jogando nada, mas levar seis dos bolivianos também já é demais.

Nos últimos anos, o Santos é um time que sofreu bastante com as alturas em competições sulamericanas. Na Copa Libertadores de 2005, o Peixe perdeu por 4 x 3 para o Bolívar (veja o quarto gol aqui), também em La Paz. A força da altitude ficou evidente depois do segundo jogo entre os times: 6 x 0 para o time da Vila Belmiro.

Situação semelhante aconteceu em 2008, também pela “Liberta”: jogando em Oruro (na Bolívia, a 3700 metros de altitude), o Santos perdeu de virada para o ridículo time do San Jose, tema deste texto (veja os gols no fim do post). No litoral paulista, os bolivianos passaram vergonha: levaram 7 x 0 (e olha que o Peixe não estava com nenhum timaço – a dupla de zaga, por exemplo, era Betão e Domingos).

Pelo menos o modesto Club Deportivo San Jose pode dizer que já ganhou do Santos. Tenho certeza que os jornais colocaram na época que o time havia vencido “el equipo de Pelé“. Isso é jornalismo!

Fundado em 1942, o time tem um escudo que lembra bastante o do tradicional time argentino Vélez Sarsfield. O uniforme também é semelhante.

Camisa comprada numa tarde chuvosa em La Paz, depois de muita busca pelas infinitas lojas do centro da cidade. E haja fôlego para subir as ladeiras dessa simpática cidade. A tal história de que a altitude acaba com o fôlego é verdade pura, nunca mais duvidei dos jogadores.

A equipe de Oruro é bicampeã boliviana (1995 e 2007). Ganhou também o título da segundona em 2001.

O San Jose esteve quatro vezes na Copa Libertadores e uma vez na Copa Sulamericana. As participações foram todas fracassadas.

Deixei para colocar aqui embaixo o vídeo com os gols da vitória do San Jose sobre o Santos (aquela já mencionada no quarto parágrafo). Clique aqui e veja os tentos do inesquecível triunfo dos bolivianos sobre “el equipo de Pelé“.

E aí, gostou da camisa? Deixe um comentário!

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: