Pular para o conteúdo

Reggina

05/03/2010

Tem coisas no futebol europeu que são legais. Na Itália, por exemplo. Acho muito da hora como os caras meio que “torcem por torcer” pelos times menores.

No Brasil, quem torce para um time tipo o Paulista de Jundiaí (só para citar um aleatoriamente) sempre tem aquela esperança de que dá pra ganhar o Torneio do Interior no Paulistão, ou a Copa Paulista – que não valem muita coisa, mas são títulos, afinal. Às vezes, dá até pra surpreender e faturar uma a Copa do Brasil! [Divagando: lembram de Paulista 2 x 1 River Plate no Jayme Cintra? Sensacional!]

Já na Itália, só tem os torneios nacionais e a Copa da Itália. Sem estaduais e copas malucas-mas-oficiais, é muito difícil os times menores ganharem algum título. Mas essas equipes, mesmo não ganhando nada, tão sempre colocando 20000 torcedores no estádio e tal. Enquanto isso, meu Botinha vai fazendo linda campanha no Paulista Série A, mas coloca no máximo 4000 no Santa Cruz. Esse espírito de “torcer por torcer” até o fim dos caras que eu acho legal.

E um clube que ilustra bem isso é a Reggina Calcio. Mesmo sem nunca ter ganhado muita coisa (pra não falar que não foi nada, ganhou uma Série C e uma Série C1, seja lá o que isso for), é o orgulho dos moradores da cidade de Reggio Calabria.

A Reggina vive sanfonando entre as séries A e B do Calcio. Em 2010, está na B

Pérola comprada em Roma, depois de uma extensa busca por camisas alternativas do futebol italiano. Acabei achando esse belo modelo da Asics numa loja que vendia um pouco de tudo, inclusive camisas de futebol. A mulher não conseguia entender porque eu queria comprar aquela coisa que estava encalhada lá e para se livrar logo dela fez um belo preço.

No elenco da Reggina, destaque para o zagueirão Gleison, revelado pelo Bafo (sim, aquele timeco que sempre apanha no Come-Fogo)

O time manda seus jogos no estádio Oreste Granillo, com capacidade para 27500 torcedores

Para finalizar, um vídeo interessante: a Reggina jogava fora de casa contra o Ascoli, pela Série B do Calcio, em dezembro de 2009. Um jogador dos visitantes se machuca e o time rapidamente tenta colocar a bola para fora, pois o cabra em questão precisava de atendimento. Veja aqui o que um mané do Ascoli fez (e o papelão que rolou depois).

E aí, gostou da camisa? Deixe um comentário!

6 Comentários leave one →
  1. Guito permalink
    09/03/2010 18:16

    Muito bonita.

    • Francisco De Laurentiis permalink*
      09/03/2010 19:37

      Essa camisa é realmente sensacional, é um vinho brilhante que realmente se destaca!

  2. almeida permalink
    15/03/2010 2:06

    apesar da camisa muito bonita..como eles querem ganhar algo com um jogador q jah foi do bafo? impossivel

    • Francisco De Laurentiis permalink*
      15/03/2010 5:28

      Marquinho: “Pô, mas o Bafo já teve Paulo Bim! E também Piter, o maior marcador do Pelé!”

  3. 09/02/2016 12:41

    Camisa belíssima, Reggina camisa titular, temporada 2002-2003 😉

  4. Mauro Gabriel de Camargo permalink
    19/10/2019 12:05

    Quero uma camisa do reggina como que usavam anterior como patrocínio café Di Mauro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: